Pin It

Como podar suas orquídeas corretamente em 5 passos simples.

Como-pordar-orquídeas

O que fazer quando a sua flor cai?

Você já sabe que o processo de cuidar das orquídeas passa por um procedimento de extrema importância: a poda.

Somente com os cortes certos é possível prolongar a vida dessa planta e possibilitar que novas florações apareçam. Assim, ela vai continuar encantando os seus apreciadores.

Mas afinal, como, onde e quando podar a sua orquídea? Para conferir o jeitinho ideal, confira os 5 passos para podar suas orquídeas corretamente…

Como podar orquídeas: Passo 1 Escolhendo e esterilizando as ferramentas.

É natural para um iniciante pensar que basta tirar as raízes mortas das orquídeas que ta tudo certo, mas esse pensamento pode acabar mantado suas flores.

Ter em mãos uma tesoura, preferencialmente, de poda, bem afiada e esterilizada vai permitir um corte eficiente e evitar que a planta seja contaminada por fungos e bactérias que estejam na ferramenta.

Mas como eu esterilizo a ferramenta corretamente?

Você pode colocar a tesoura sob a chama do fogão até que sua cor fique alaranjada; deixar a tesoura de molho no álcool, sem diluí-lo; ou deixar de molho, por 30 minutos, em água sanitária diluída.

No entanto, conforme a espessura da planta pode ser mais indicada outras ferramentas, como aparador de cerca-viva, serrote de poda ou tesoura de grama.

Como podar orquídeas: Passo 2 Como e onde cortar?

No caso das phalaenopsis, que são orquídeas comuns na decoração de ambientes, como residências e escritórios, a dica é podar a sua haste floral (da onde saem as flores) após a floração da planta. Para tanto, o corte deve ser feito de dois a quatro centímetros acima do terceiro nó, contando a partir da base da planta.

Isso vai fazer com que novos rebentos surjam. Existem pessoas que não indicam fazer esse corte, já que a nova floração apareceria da mesma forma, já que surge uma nova haste, originária da primeira, por onde nasce a nova floração.

No entanto, as opiniões são divergentes e alguns que já experimentaram ambos os métodos afirmam que não cortando, nem sempre novas flores aparecem. De qualquer forma, mesmo quem não é adapto do corte da haste floral indica que isso deve ser feito quando a haste estiver com aspecto bem seco.

Nesse caso, uma nova floração não vai surgir. Já as orquídeas que dão flores durante todo o ano, podem ser cortadas no período de seca, uma vez que é quando o seu metabolismo está baixo.

Como podar orquídeas: Passo 3 Cada orquídea tem seu jeito.

Repita o procedimento de cortar as hastes como indicado em todas as hastes florais, depois que não tiverem mais flor alguma. Com o cuidado de não cortar mais do que se deve, caso contrário, podem não mais nascerem flores.

Essas dicas também valem para as orquídeas do tipo tolumnia, que se assemelham com a phalaenopsis.

No entanto, é possível que outros tipos da planta exijam cuidados diferentes e, dessa forma, o melhor é sempre buscar as informações especificadas da sua espécie de orquídea. Nesse curso do professor Alberto Schuman você pode aprender o processo certo para cada especie de orquídea. 

Como podar orquídeas: Passo 4 O que fazer depois.

Ao final do corte é indicado aplicar um pouco de canela em pó no local podado, uma vez que assim a planta fica protegida da ação de bactérias e fungos.

Como podar orquídeas: Passo 5 Quando é necessário podar as raízes.

Outra ocasião em que você pode ter que cortar a planta é quando as suas raízes estiverem crescendo demais, saindo do vaso. Nessa situação, é preciso podar as raízes, o que não deve ser feito quando a planta estiver florindo, senão, ela vai abortar as suas flores.

Além disso, é importante que a orquídea esteja com as raízes bem úmidas, assim, elas se tornam mais flexíveis, facilitando seu corte, caso estejam grudadas ao vaso.

Quando isso acontece, é preciso ainda trocar o substrato da planta e transplantá-la para um vaso novo.

Seguindo esses 5 passos simples você conseguirá que suas orquídeas continuem saldáveis e prontas para uma nova floração.

Não esqueça de deixar o seu comentário logo abaixo com suas duvidas para que eu saiba que esse conteúdo lhe foi útil e produzir mais posts como esse. 😉

Você gostou desse artigo?

Quer aprender vendo na pratica como cultivar orquídeas em casa sem sofrer?

Então clique AGORA no banner abaixo e saiba mais!

 

8 Comentários

    1. Oi Maria, que bom que suas orquídeas estão florindo, e muito obrigada pelo seu comentário, minha missão é fazer o máximo para ajudar as pessoas com suas orquídeas e é muito bom ver que estou conseguindo. 😉

    1. Enock, muito obrigada pelo seu comentário. Fico muito feliz em saber que minhas dicas estão gerando resultado para você. e receber esse tido de comentário é muito gratificante. 😉 Espero que esteja gostando do curso.

Deixe seu comentário!