Pin It

7 orquídeas para você enfeitar sua sala.

7-orquideas-para-enfeitar-a-sala

Você sabe que orquídeas são flores delicadas e que exigem muitos cuidados para crescer em todo o seu esplendor. Afinal ao contrário de muitas outras flores, não se adaptam bem a lugares com alta incidência de luz solar.

Embora a luminosidade  seja importante, e de fato é, deve ser de forma moderada. Por isso as orquídeas combinam muito bem com salas, afinal esse comodo recebe um bom nível de claridade.

Mas dizer quais são as espécies mais encantadoras é difícil, logo que existem mais de 35 mil, então, ao selecionar as mais belas é possível correr o risco de ser injusta com todas as demais, não é mesmo?

De qualquer forma, selecionei 7 orquídeas para você enfeitar sua sala, seja por serem mais facilmente encontradas, seja por sua beleza única, ou seja por sua popularidade entre as admiradoras dessa planta única.

Vamos ver?

1º – Orquídea Cattleya Labiata

Orquídea-Cattleya-Labiata

Entre as espécies brasileiras, essa está entre os tipos de orquídea mais populares e isso não é à toa.

Essa belíssima planta possui grandes pétalas coloridas em tons variados como o roxo, o lilás e o azul.

As suas flores nascem no verão e possui o carinhoso apelido de Rainha do Nordeste. Se você souber como cuidar dessa orquídea ela ficará ótima em sua sala!

2 – Orquídea Brassocattleya Pastoral Innocence

Orquídea-Brassocattleya-Pastoral-Innocence

Assim como muitas espécies, essa é uma orquídea híbrida, que foi desenvolvida nos anos 1960.

Ela é principalmente lembrada na hora de montar buquês, pois assim como lembra o seu nome, suas flores possuem um belíssimo tom branco inocente, além de serem grandes e encantadoras. Você quer ter uma dessas? Então saiba qual o melhor substrato para essa orquídea

3 – Orquídea Laelia Purpurata

Orquídea-Laelia-Purpurata

Esse tipo de orquídea também possui um apelido, Princesa do Sul, uma vez que se adapta bem à região sul do país devido às baixas temperaturas que a região oferece. São nos meses frios que a planta floresce.

Uma dica para quem deseja cultivá-la é usar vasos mais rasos e substrato que proporcione uma drenagem eficiente.

4 – Orquídea Bifrenaria Harrisoniae

Orquídea-Bifrenaria-Harrissoniae

As suas pétalas são diferentes das flores das demais orquídeas, pois são pequenas e ainda mais delicadas, é o que mais chama a atenção dessa deslumbrante espécie.

No entanto, não é uma planta fácil de encontrar, sendo considerada de coleção e assim pode ser apreciada em exposições e orquidários.

5 – Orquídea Miltônia Spectabile Moreliana

Orquídea-Miltônia-Spectabile-Moreliana

Se você prefere as espécies com grandes pétalas vai se apaixonar por esse tipo de orquídea.

As miltônias são variadas, elegantes e charmosas, mas essa se destaca pela sua coloração rubra e por ser uma planta mais robusta.

Quem possui pouca incidência solar na sala de casa vai deixar essa orquídea muito confortável, pois ela precisa de 70% de sombra, além de cuidado redobrado com a irrigação, cuidados esses que você pode aprender no curso do Alberto sendo que as raízes dessa orquídeas não pode se encharcar.

6 – Orquídea Stanhopea tigrina X wardii

Orquídea-Stanhopea-tigrina-X-wardii

Assim como o nome diferenciado, o mesmo acontece com as suas exuberantes flores.

No entanto, é uma espécie que exige mais espaço que o habitual, uma vez que as suas flores se desenvolvem em grandes cachos. Também são muito perfumadas.

Se você deseja chamar atenção das visitas eu as recomendo.

7 – Orquídea Beallara Marfitch

Orquídea-Beallara-Marfitch

Por fim, mas não menos fascinante, essa espécie está entre as mais queridinhas dos apreciadores de orquídeas. Em parte porque a sua coloração avermelhada e texturizada é única.

Porém, é preciso estar atento aos cuidados, inclusive, para evitar fungos, sendo necessário o uso de fungicida periodicamente.

Bom, confesso que foi difícil para mim fazer a seleção de apenas sete orquídeas, como acredito que vai ser difícil para você escolher uma para sua sala.

Não se esqueça de deixar nos comentários alguma duvida que você tenha em relação aos cuidados com orquídeas, assim eu vou poder saber como ajudar você em posts futuros… 😉  

Você gostou desse artigo?

Quer aprender vendo na pratica como cultivar orquídeas em casa sem sofrer?

Então clique AGORA no banner abaixo e saiba mais!

2 Comentários

Deixe seu comentário!