Pin It

5 orquideas raras difíceis de se cultivar em casa.

5 orquideas raras

Você já sabe que as orquídeas são conhecidas pela sua beleza fascinante. Eu particularmente amos as orquideas aéreas.

mas como possuem variadas espécies e algumas são difíceis de encontrar, decide neste poste compartilhar com você 5 das orquídeas mais raras que provavelmente você nunca viu em toda suas vida.

1º Orquidea rara Fantasma.

orquidea-rara-fantasma

Esse tipo de orquídea é um gênero que apesar da beleza diferenciada, infelizmente é muito difícil de cultiva-la, pois quando sai de seu habitat natural acaba morrendo.

Essa é uma especie que infelizmente você não poderá ter em casa.

Ela necessita de muita umidade para sobreviver e se retirada de seu habitat se desidrata com facilidade. Essa planta é comum na Flórida e seu formato é parecido com o de um fantasma, por isso o nome.

2º Orquidea rara Sapatinho.

orquideas-rara-sapatinho

Essa orquídea pode ser cultivada em casa, apenas precisa de alguns cuidados especiais.

A rega deve ser frequente no verão, mas no período do inverno e durante a sua floração é essencial que você diminua a quantidade de água.

Preste atenção para não encharcar sua planta, pois pode mata-la.

Esse gênero não se desenvolve com luz direta, necessita de apenas luz com sombreados. E também precisa de um substrato especial que pode ser encontrado em qualquer floricultura.

Já a adubação deve ser feita frequentemente mas sem exageros porque pode danificar as flores. Uma dica é colocar o adubo junto ao substrato nas laterais do vaso para que de acordo com a rega a planta var absorvendo os nutrientes.

3º Orquidea rara Negra.

orquidea-rara-negra

Essa espécie de orquídea é originária de cruzamentos e assim obterá a coloração negra, é uma raridade. Pode ser cultivada em casa mas é necessário se atentar a alguns cuidados…

O substrato mais usado neste tipo de planta é a casca de macadâmia ou musgo, esses produtos podem ser facilmente encontrados em uma floricultura e devem ser colocados em volta do vaso para que a planta sugue os nutrientes.

O primeiro passo para se cultivar essa orquidea é a escolha do vaso ideal, é aconselhável usar o vaso que possui furos para a ventilação e a rega deve ser constante, sempre evitando o encharque. Sendo que essa planta gosta de umidade e de luz, mas não a luz direta pois é prejudicial a flor e pode queima-la.

Leia também o artigo: Como cuidar de orquídeas em casa- Guia absolutamente completo

4º Orquidea rara pato voador.

orquidea-rara-pato-voador

Essa é uma espécie rara, seu formato parece um pato voando por isso o nome.

É originária da Austrália, muito difícil de ser encontrada e sua flor possui uma cor marrom avermelhada intensa que em minha opinião a torna única e a deixa mais interessante.

Infelizmente esta espécie não pode ser cultivada em casa, pois morre rapidamente ao sair de seu habitat natural.

5º Orquidea rara Cattleya Schilleriana.

Orquidea-rara-Cattleya-Schilleriana

Essa é uma planta rara que possui uma floração com uma beleza exuberante originária da Bahia, que pode ser cultivada em casa, mas a cultivadora deve assemelhar o ambiente o mais próximo possível do seu habitat natural.

Eu aprendi muito sobre criar a ambientação ideal para uma orquídea no curso do professor Alberto e uma das dicas que aprendi é proporcionar um ambiente arejado, úmido e regar frequentemente pois essas especies desidratam com facilidade.

Lembre-se de manter sempre o equilíbrio na hora da rega já que o encharque apodrece a planta. Essa que é a parte difícil.

Esta flor também precisa de adubação para seu desenvolvimento e o ideal seria um produto baseado em cálcio. Já a luminosidade é um elemento fundamental para o crescimento desta espécie logo que elas gostam de luz indireta, ou seja, um ambiente com mais sombra.

Esta orquídea floresce duas vezes no ano quando bem cultivada seguindo esses cuidados com certeza o sucesso com a planta será alcançado.

É preciso bastante atenção e empenho pois essas espécies não permitem erros por isso são rotuladas como difíceis de se cultivar, mas felizmente com dedicação é possível mantê-las saudáveis e lindas.

Não esqueça de comentar logo abaixo suas duvidas, assim eu vou saber como ajuda-la no próximo artigo.

Você gostou desse artigo?

Quer aprender vendo na pratica como cultivar orquídeas em casa sem sofrer?

Então clique AGORA no banner abaixo e saiba mais!

1 Comentário

Deixe seu comentário!