Pin It

3 segredos sobre adubação de orquídeas que os orquidófilos esconderam de você.

3-segredos-sobre-adubação-de-orquideas.

Eu sempre achei que Adubar orquídeas era um processo difícil na hora de manter a sua planta esplendorosa, pois não existe uma regra única da qual se possa fazer uso em todas as situações.

Uma dica é que muito do sucesso em manter uma orquídea bela e forte provem da observação, de perceber o que melhor se adapta a sua flor.

Isso acontece porque conforme a espécie, clima e outras questões a planta pode ter necessidades diferentes.

De qualquer forma, quem deseja aprender a cuidar de orquideas e ter lindíssimas plantas deve conhecer os 3 segredos sobre adubação que os orquidófilos esconderam de você. e vou compartilhar com voc~e nos parágrafos abaixo. Confira! 

1 – Nem sempre os adubos químicos são suficientes

Os adubos químicos são formas mais práticas de adubar a sua orquídea, pois os seus nutrientes são mais facilmente absorvidos pela planta. Isso acontece porque eles estão mais concentrados, o que também pode levar à intoxicação da orquídea quando não usado corretamente.

Por isso tome muito cuidado…

Esse tipo de adubo geralmente são utilizados com mais frequência para um melhor resultado. Por isso da importância de oferecer a dosagem adequada, bem como de aplicar o adubo químico indicado para cada especie de orquídea.

Usar um adubo indicado para uma especie diferente pode matar a sua planta. No entanto, eles possuem apenas potássio, fósforo e nitrogênio, o que não é suficiente para as plantas. 

Elas precisam também de enxofre, magnésio e cálcio, assim, é necessário combinar ambos os tipos de adubos ou usar apenas o orgânico.

A desvantagem do orgânico é que possuem ação mais lenta e prolongada, porém, contam com a vantagem de terem efeitos duradouros e de recuperar a flora microbiana do vaso.

É preciso ainda estar atento à formulação do adubo orgânico a fim de escolher os que não promovam o aparecimento de bactérias e fungos em sua orquídea.

Esse tipo de adubo é também mais seguro para os que o manuseiam e para o meio ambiente.

2 – Adubação foliar é mais eficiente

É possível adubar as orquídeas tanto colocando o adubo junto as suas raízes (radicular, método convencional), quanto ao pulverizar o produto em suas folhas, nesse último caso, se chama de adubação foliar.

Para pulverizar é preciso usar adubo solúvel em água, como é o caso do adubo químico. Desse modo, é mais eficiente a reposição de nutrientes, bem como mais econômica e ágil.

No entanto, por melhor que seja a fertilização foliar, ela não substitui a convencional, sendo que ambas se complementam.

3 – É preciso ajudar a adubação fazer efeito

De nada adianta você oferecer o melhor adubo para a sua planta e aplicá-lo da maneira mais adequada. Um segredo que aprendi com o professor Alberto em seu curso é que para o adubo fazer efeito, ou seja, para ele ser absorvido pela orquídea, existem fatores externos que influenciam diretamente.

Veja quais são os principais…

  • Luz – quanto mais luz melhor, assim, mais nutrientes a planta consegue absorver.
  • Umidade atmosférica – quanto mais alta melhor, já que os nutrientes são absorvidos quando as folhas estão úmidas. Além disso, com umidade alta a solução aplicada demora mais a evaporar.
  • Temperatura – para orquídeas, o perfeito é se ela estiver em ambientes que fiquem entre os 22 e 30 graus. O horário mais propício para fertilizar a planta é no fim da tarde.

Agora que você já conhece os três segredos que todo orquidófilo conhece, aplique em sua plantas e veja suas orquídeas florir todo ano.

Você vai perceber que ao aplicar o que você aprendeu aqui nesse artigo as suas orquídeas vão começar a florir com mais beleza e durante mais tempo.

Não esqueça de deixar o seu comentário com duvidas logo abaixo para que eu saiba quais a suas dificuldades e produza mais conteúdo com dicas como essas.

Você gostou desse artigo?

Quer aprender vendo na pratica como cultivar orquídeas em casa sem sofrer?

Então clique AGORA no banner abaixo e saiba mais!

6 Comentários

    1. Inalda, muito obrigada pelo seu comentário. Olha, se as suas orquídeas sempre morrem, é por que tem algo de errado, seja com o ambiente ou nos tratos fundamentais.

      Busque mais informações sobre a sua especie e maus a obra amiga.

  1. Gostei muito das três dicas, mais de saber se vc pode me ajudar tenho várias orquídeas mais tem uma que apareceu umas pintinhas amarelas nas folhas, quero saber o posso estar fazendo para que não morreu porque está feia!!

    1. Provavelmente é uma doença, isso acontece quando suas orquídeas são atacadas por fungos.

      Essas doenças costumam ser contagiosas, e como você tem outras orquídeas sugiro isola-la, para eliminar existem vários produtos, mas o ideal mesmo é tentar prevenir.

      Caso você queira saber mais sobre o que você pode fazer para prevenir doenças e pragas em orquídeas, sugiro conhecer o manual completo sobre como cuidar de orquídeas.

      Um forte abraço.

  2. Gostaria de saber porque tenho algumas orquidia que não dá flor cuido bem e coloco adubo eu coloco de floração foliar obrigado um bom final de semana

    1. Oi Zenadis, tudo bem?

      Muito obrigada pelo seu comentário.

      Bom, são vários os fatores que podem está prejudicando a floração da sua orquídea.

      Para saber bem, eu teria que levar em contata a especie e toda a sua rotina com a sua flor.

      Eu sugiro que tente muda-la para um local mais adequado e ajuste a frequência de rega.

      Se isso não resolver, indico que conheça o manual completo sobre como cuidar de orquídeas.

      Nele você vai encontrar exatamente o que fazer com a sua orquídea.

      Um forte abraço.

Deixe seu comentário!